PREFÁCIO - Talvez nem todas essas 100 histórias sobre Michael Jackson, sejam totalmente verdade. Mas certamente elas não são totalmente mentira ! Durante 50 anos de vida e 40 anos de carreira, Michael Jackson conheceu e conviveu com milhares de pessoas e encantou à todas elas. Cada uma dessas pessoas tem uma história inesquecível para contar, sobre Michael. Aqui estão algumas dessas histórias, que foram recolhidas ao longo de muitos anos. Assim como sua música, a personalidade de Michael Jackson, também é genial ! Voltar para MJ Planet

- TMZ: uma industria de mentiras

O PERIGO das informações mentirosas

( O jornalista Charles Thonsom - entrevista Dentistas da Academia Americana de Odontologia Pediátrica - AAOP )

Existe um ditado americano que diz:"Faça de uma pequena informação, uma grande história" e parece que ele comanda os jornalistas do site TMZ.

Eu não posso pensar em uma história recente que tenha incorporado essa filosofia melhor do que a do TMZ de ontem ( 13/01/11 ), acusando Michael Jackson de pressionar um dentista a colocar seu filho caçula Prince Michael II (Blanket ) para dormir com anestésicos.

"MJ pressiona dentista para dar anestesia à seu filho indevidamente ", se lê na manchete do TMZ - Chocante mesmo. Certamente mais chocante do que "filho de MJ foi ao dentista dois anos e meio atrás", que teria sido uma avaliação muito mais precisa da situação. .

No centro desta história é a alegação de que em julho de 2008, o Dr. Mark Tadrissi realizou uma cirurgia oral, em duas ocasiões, uma vez em Michael Jackson e uma vez em seu filho Blanket, que exigiram o uso de anestésico. A dificuldade? Dr Tadrissi não tinha autorização para a utilização da anestesia geral em seu escritório e solicitou à Michael a contratação de um anestesista licenciado para cuidar de Blancket durante a cirurgia e assim Michael fez.

O artigo TMZ parece ter sido escrito com dois propósitos específicos: o primeiro, para sugerir que Jackson foi imprudente quando se tratava de drogas e a segunda, para sugerir que ele era um mau pai, ordenando seu filho de seis anos de idade, a se submeter a um procedimento que envolve o uso de anestésico geral. Na realidade, os fatos e as provas demonstram completamente o contrário.

Descrevendo o uso de anestésico em uma criança durante uma cirurgia bucal como "arriscado tratamento médico" é totalmente impreciso e totalmente irresponsável. Segundo a Academia Americana de Odontologia Pediátrica website (AAPD), "A anestesia geral pode ser útil para crianças que necessitam de procedimentos cirúrgicos significativos." O filho de Jackson necessitou de duas horas de cirurgia dentária. O site AAPD também afirma que, "anestesia geral pode ser usado de forma segura e eficaz quando administrado por uma pessoa devidamente treinada em instalações devidamente equipadas."

A confirmação de que o Dr. Tadrissi contratou um anestesiologista licenciado torna o artigo do TMZ é totalmente fictício, é incrivelmente uma manchete enganosa.

Através de informação enganosa e às vezes, totalmente imprecisa, o TMZ transformou uma contravenção burocrática em um conto exagerado de negligência médica e pais maníacos e irresponsáveis. O momento é delicado, já que o Dr. Conrad Murray acaba de ser condenado a ser julgado pelo homicídio involuntário de Michael Jackson e com a cobertura da mídia, tanto o cantor e seu médico podem ter um impacto significativo sobre as vistas potenciais dos jurados, sobre a morte da estrela e o julgamento.

Torcendo os fatos a fim de retratar Michael Jackson como 'uma diva demente' que exigiu o uso de 'risco' de anestésico em si mesmo e em seu filho de seis anos de idade, o site TMZ trás uma imagem de um homem que poderia muito facilmente ter intimidado o seu médico para lhe dar o anestésico ou mesmo ter administrado para si mesmo.

Por isso essa história sensacionalista do TMZ sobre as consultas de Jackson no dentista é especialmente irresponsável, uma vez que o site agora é visto por muitos como um ponto de notícia sobre a estrela. Desde que o site foi o meio de comunicação que em primeiro lugar no mundo deu a notícia da morte de Jackson, o site tem alcançado um nível de popularidade, reconhecimento e credibilidade que nunca tinha visto antes.

Já, dezenas de outros sites têm replicado as histórias do TMZ e muitos mais, certamente vão seguir o seu exemplo. Em uma indústria atormentada por "copiar e colar" o jornalismo do TMZ deve tomar mais cuidado para garantir que o seu jornalismo seja limpo, justo e preciso.

Fonte - FN News

Um comentário:

  1. Esse jornal sempre foi senscionalista, nojento. E sempre perseguiu Michael.

    ResponderExcluir