PREFÁCIO - Talvez nem todas essas 100 histórias sobre Michael Jackson, sejam totalmente verdade. Mas certamente elas não são totalmente mentira ! Durante 50 anos de vida e 40 anos de carreira, Michael Jackson conheceu e conviveu com milhares de pessoas e encantou à todas elas. Cada uma dessas pessoas tem uma história inesquecível para contar, sobre Michael. Aqui estão algumas dessas histórias, que foram recolhidas ao longo de muitos anos. Assim como sua música, a personalidade de Michael Jackson, também é genial ! Voltar para MJ Planet

- TODOS o traíram

‘Todos o traíram’

Joe Jackson e o produtor Leonard Rowe estão no Brasil para divulgar o livro “O que realmente aconteceu a Michael Jackson”, escrito por Rowe e que chega às livrarias do país em dezembro.

São inúmeras as teorias da conspiração no mundo da música: Paul McCartney, Elvis Presley e Kurt Cobain frequentemente têm seus nomes relacionados a acontecimentos ‘obscuros’ . Agora, Joe Jackson – pai, mentor e algoz de Michael Jackson - e o produtor Leonard Rowe devem aumentar ainda mais a polêmica acerca da conturbada vida e morte do astro do pop.

Ambos estão no Brasil para divulgar o livro “O que realmente aconteceu a Michael Jackson” (Mundo Editorial), escrito por Rowe e que chega às livrarias do país na primeira semana de dezembro. Lançado em junho nos Estados Unidos, a obra pretende provar que Michael foi vítima de uma “conspiração”, assim como Martin Luther King e John F. Kennedy, segundo o produtor.

“Queremos que todos os fãs saibam que o que ocorreu com Michael poderia ter sido evitado. Buscamos justiça”, explicou Joe. Para o pai do cantor, o médico Conrad Murray, que aplicou os sedativos que levaram Michael à morte, foi uma das pessoas contratadas para “controlar” a vida do astro. “Se pudesse dizer algo a ele, falaria que todos ao seu redor o traíram”, completou.

Rowe alega que a overdose de medicamentos não teria sido a única causa da tragédia ocorrida em 25 de junho do ano passado e afirma ter encontrado muitas evidências para isso. “Michael não queria que os ensaios de ‘This is It’ fossem gravados. Pouca gente sabe, mas ele era dono da Sony Music e tinha o catálogo dos Beatles. Desde 2004 ele me dizia que achava que iam matá-lo por causa do catálogo”, revela Rowe.

A dupla também questiona a veracidade do testamento de Michael, que deu aos seus advogados o controle quase total de sua fortuna. “O documento foi assinado no dia 07 de julho em Los Angeles, dia em que Michael estava em Nova York. Além disso, nenhuma outra cópia, além da apresentada à corte, foi encontrada. Quem conhece Michael sabe que ele guardaria um testamento”, questiona Rowe.

Lucros

Michael Jackson tornou-se um dos nomes mais rentáveis após a sua morte, faturando mais de US$ 1 bilhão, segundo a revista Billboard . Ao expor o “lado negro” da indústria do entrenimento, não estaria Joe Jackson também se aproveitando da morte do filho?

“O problema é que os lucros não vão para quem deveria. Quem deve lucrar após a morte é a família, assim como o que ocorre com Elvis Presley e John Lennon. A mídia confunde o público ao dizer que todos os parentes de Michael estão ganhando”, dispara o produtor.

Sem arrependimentos

No bate-papo de pouco mais de uma hora, o pai falou também sobre seu histórico de opressão e agressões contra os irmãos Jackson na infância. “Criar nove filhos e colocá-los no show business não é fácil. Trabalhava em dois empregos para garantir que não passassem fome. Eu não sou um cara ruim. Sempre tentei agradar a todos.”

Sobre a relação atual com Michael, Joe afirma ter tentado uma reaproximação meses antes de sua morte. “Marquei uma consulta para ele e fiquei sabendo depois que ele tinha ido. A questão é que a mídia americana distorce tudo. Não confio nesse pessoal”. Mas, ao ser questionado se sentia falta do filho, deixou claro o abismo de afeto existente entre os dois. “É claro que sinto falta. Ele era um excelente artista.”

2 comentários:

  1. Isso tudo é mt louco.
    Não tenho raiva de Joe, mas em algums momentos acho que ele já esta fora do real.
    Penso em assassinato também, mas vejo muita incoerencia em toda postura da familia.
    Ai penso ou eles são assim mesmo frios e fazem de conta que estão sofrendo, ou Michael não esta morto, porque a postura deles é incrivel.
    Fatos são fatos e existe tantas falhas em toda essa historia, que só o tempo poderá desvendar, porque nada é para sempre, muito menos as mentiras.

    ResponderExcluir
  2. nao gosto nem de ver esta pessoa,me faz lembrar de michael chorando,quando deu entrevista a bashir.nao quero saber oque ele tem a dizer.AMO MICHAEL E PONTO A VERDADE E O QUE ELE DISSE.

    ResponderExcluir