PREFÁCIO - Talvez nem todas essas 100 histórias sobre Michael Jackson, sejam totalmente verdade. Mas certamente elas não são totalmente mentira ! Durante 50 anos de vida e 40 anos de carreira, Michael Jackson conheceu e conviveu com milhares de pessoas e encantou à todas elas. Cada uma dessas pessoas tem uma história inesquecível para contar, sobre Michael. Aqui estão algumas dessas histórias, que foram recolhidas ao longo de muitos anos. Assim como sua música, a personalidade de Michael Jackson, também é genial ! Voltar para MJ Planet

- Eles falam sobre MJ: o diretor Rob Cohen

- Ele era demais !

O diretor de cinema Robin Cohen, que dirigiu filmes como 'Velozes e Furiosos', 'Triplo XXX' e 'A Múmia', foi amigo de Michael durante mais de 20 anos e fala sobre as lembranças que tem dele:

'Ele era um cara tão sensível que, quando saíamos para jantar, e ele era um vegetariano, ele pedia desculpas a cada vegetal, antes de comer. Ele pedia os vegetais cozidos e literalmente ele dizia: “Me desculpe, Sr. cenoura” e “Me desculpe, Sr. Broccoli.” Ele era tão compreensivo com outras pessoas e todas as coisas vivas, que é realmente o que eu mais lembro de Michael, mais que sua dança e canto. Quando você conversava com Michael, você realmente sentia que ele estava sentindo o que você estava sentindo.'

Lembro-me de uma noite fazendo uma sessão de gravação de “Ease On Down the Road”, e Quincy Jones estava no estúdio. Michael estava lá com Diana e Diana estava cantando sua parte, e depois era como “OK, Michael, vamos fazer sua parte”. Michael fez um riff de ”Ease on Down the Road”, com sua doce voz angelical e os olhos de Quincy ficaram iluminados, eu nunca vou esquecer. E a partir desse momento, os dois estavam unidos, e logo passaram a fazer “Off The Wall” em conjunto e, em seguida, “Thriller”, e tudo começou ali, naquele momento.

"Michael amava Nova York. Ele e La Toya tinham em apartamento no Central Park West e às vezes eu ia buscá-lo ou deixá-lo e eu sempre o via com toneladas de caixas de água Perrier. Um dia eu disse finalmente, “Michael, que faz com todos os Perrier?”
E ele disse: “Eu gosto de tomar banho nessa água. Eu gosto das bolhas.”

De vez em quando eu o levava comigo para o Studio 54 em uma noite de fim de semana, e nós sempre iamos com um grupo grande de modelos de moda e ele saia e dançava e simplesmente incendiava o lugar. Ele já tinha esses movimentos, sabe? Ele não inventou-os apenas para seus vídeos. Ele não tinha idéia do efeito que ele já tinha sobre as pessoas. Nós voltávamos na limusine com ele no final da noite e eu dizia:

“Michael, você sabe que poderia ir para casa com essa garota, ou você poderia ir para casa com aquela garota. Porque você não levou uma dessas meninas para casa com você? ”

E ele dizia: “Você realmente acha que elas gostam de mim?”

Fonte - MJ Speechless

Nenhum comentário:

Postar um comentário